segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Projeto Reciclatec-Agri em exposição



A Escola Agrícola Edgar Cordeiro participou no II SEMINÁRIO DE QUESTÕES SOCIOAMBIENTAIS E ETNOBIODIVERSIDADE NA AMAZÔNIA, realizado pela UFPA e IFPA  com a apresentação do Projeto Reciclagem Tecnológica Agrícola - RECICLATEC-AGRI que foi desenvolvido em parceira com os formadores do Núcleo de Tecnológico Educacional - NTE. A exposição ocorreu nesta ultima quinta-feira 27 de outubro na Praça da Aldeia (Rosa Blanco).
O projeto foi muito elogiado principalmente pelos organizadores do evento que viram no projeto  a possibilidade de mais instituições aderirem a pratica de forma educativa na construção de conhecimento.

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Informações Importantes

A Escola Agrícola Municipal volta com suas atividades pedagógicas dia 19, pós estado de greve decretado pela Assembleia Geral do SINTEP realizada dia 18/10/2016.  As atividades educacionais da escola estão sendo desenvolvidas normalmente nos dois períodos.


Neste dia também  aconteceu a assembleia geral da categoria dos profissionais da educação realizada pelo SINTEP, para a manutenção ou saída de greve. Após a votação, a assembleia decidiu pela saída de greve, porém com estado de greve caso o acordo feito não seja cumprido pela Secretaria Municipal de Educação.


terça-feira, 10 de maio de 2016

CONVITE
A I Unidade Regional de Educação – I URE convida todos os servidos da educação a se fazer presente neste evento que tem como tema: Currículo: Diálogos sobre os saberes educativos.
Mais informações estão no folder!




quarta-feira, 6 de abril de 2016

Apresentação do eixo bimestral: agricultura familiar e agroecologia




A escola deu início em suas atividades pedagógicas no mês de março, mas somente após o planejamento foi apresentado  a comunidade escolar o eixo bimestral,  agricultura familiar e agroecologia.

Esta apresentação do eixo ficou sob responsabilidade do prof técnico em agricultura João de Deus. Este fez uma explanação como o eixo iria percorrer nas áreas do conhecimento e mostrou como é importante valorizar a identidade como filhos de agricultores, uma vez que grande parte dos alunos são filhos de agricultores e estão em uma escola que atua nesta linha educacional.

Já que educação é o encontro com a realidade em que vivemos e o conhecimento adquirido por suas famílias e de natureza empírica, a escola por sua vez vem ratificar que para melhorar a produção agrícola familiar  é necessário se apropriar do conhecimento científico, este  faz parte da grade curricular destes alunos e vem valorizar a identidade  a qual estão inseridos.

quarta-feira, 23 de março de 2016

Projeto Reciclatec-Agri divulgado pela emissora SBT parceria que deu certo!



A Escola Agrícola Dr Edgar de Souza Cordeiro foi palco para a implantação do projeto Piloto Reciclagem e Metareciclagem Tecnológica, o RECICLATEC – NTE Bragança. Este foi desenvolvido pela própria idealizadora do projeto.
O projeto na escola  recebeu o nome de RECICLATEC-AGRI e a cada escola que for implantada receberá o nome da escola no projeto. A experiencia deu  tão certo que a emissora local do SBT fez a reportagem e divulgação do projeto que tomou uma dimensão que a SBT  estadual exibiu hoje no jornal da tarde.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Professor, essa batalha também é sua!

Atenção profissionais da educação, o Ministério da Saúde entrou em parceria com o Ministério da Educação para juntos combaterem esse mosquito que já é o terror da população brasileira. 
Saiba tudo e tire dúvidas sobre o mosquito Aedes aegypti, vetor de doenças como dengue, chikungunya e zika vírus.
Trabalhe com seus alunos na escola seja um parceiro no combate a essa epidemia.



quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

A prevençao contra: Dengue, Chikungunya e Zika

http://combateaedes.saude.gov.br/
Atenção professor você é um dos maiores aliados e mobilizadores de opinião nas escolas para combater o mosquito. Então vamos ao ataque, essa luta é nossa!
Conheça a diferença entre as três doenças, seus principais sintomas, tratamento e como se prevenir. Entenda a como se dá a infecção do vírus Zika e sua relação com a microcefalia. Mais…

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

IV Museu Pedagógico da SEMED


Aconteceu nesta sexta-feira 27/11, na praça dos eventos, a exposição dos projetos da rede municipal que constituem o currículo integrado das escolas bragantinas no IV Museu Pedagógico Saberes e Práticas: reafirmando o currículo da escola bragantina.
A Escola Agrícola participa com dois projetos: Reciclagem Tecnológica Agrícola / Reciclatec-Agri e o projeto Os caminhos da leitura. Os projetos apresentados surpreenderam o público e valorizaram o trabalho desenvolvido pelos professores da escola. Desta vez, foi divulgada pela mídia a educação diferencial que a escola realiza dentro de um currículo integrado onde coloca e valoriza o foco da educação no campo. 

   

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Culminância do I Museu Pedagógico da Escola Agrícola

Escola Agrícola Sustentabilidade e Economia Solidária

APRESENTAÇÃO:
Valorizar os sujeitos do campo é contribuir para a prática da escola bragantina sendo ponto colaborador na construção de um currículo que amplie a escolarização da vivência na diversidade e multiculturalidade da nossa escola.
A Escola Agrícola é a única que oferece ensino diferenciado no nosso município com EDUCAÇÃO INTEGRAL E VOLTADO PARA AGRICULTURA FAMILIAR. E assim promovendo há 22 anos educação do campo aos filhos de agricultores das comunidades como BOM JARDIM, LAGO DO POVO, JAPETÁ, LAGUINHO, FERREIRA, MANITEUA, JACARETEUA, SÃO DOMINGOS, RETIRO, URUBUQUARA, CARIAMBÁ ENTRE OUTRAS E BAIRROS DE BRAGANÇA. E para contribuir e integrar em seu currículo à 22 anos temáticas agora evidenciadas como meio ambiente, educação ambiental, inclusão e valorização de homens e mulheres do campo.

OBJETIVO GERAL
Promover ações que valorize a qualidade educativa oferecida pela E. A. M. E. F. Dr. Edgar de Souza Cordeiro à partir da interação na elaboração e execução de uma perspectiva integradora de práticas pedagógicas pautadas em uma discussão agroecológica e inclusiva. E para contribuir na prática pedagógica do currículo escolar. Apresentamos a programação das atividades da Escola Agrícola voltadas para o nosso complexo temático:

PROGRAMAÇÃO:
Inicio: 8:00h
Mística (João)
Abertura do Museu Pedagógico
Mensagem de Boas – Vindas
Vídeo da Aluna Anick (6º ano)
Slide de Fotos da Escola Agrícola
Exposição dos projetos
Encerramento: 12:00h
Apresentação dos projetos
Projeto: Leitura e Saberes do Campo: uma experiência da Sala de leitura com os alunos da Escola Agrícola.
Responsáveis: Almiza e Elizangela
Turmas: 6º e 7º ano/9
Projeto:  O Jornal Agroecológico da Escola Agrícola.
Responsáveis: Edson, Edinaldo e Toninho
Turma: 7º ano/9
Projeto: Reciclagem Tecnológica Agrícola / RECICLATEC – AGRI
Responsável: Maria da Providência
Turma: 8º ano/9
Projeto: Horta no Caixote
Responsáveis: Bonfim, Diniz, Luzinete, João e Antônio Assunção
Turmas: 8º ano e 8ª série
Projeto:  Agricultura: Uma Trajetória de Sucesso, da Tradicional a Sustentável
Responsável: Antônio Assunção
Turmas: 7º ano e 8º ano
Projeto: A Psicomotricidade como prática no ensino em Educação Física e Escolar, através da Ginástica, do Tênis de quadra, de campo e de área e do Xadrez.
Responsável: Junior Alencar

domingo, 25 de outubro de 2015

Alunos da escola visitam o lixão do Marrocos



A Escola Agrícola preocupada com o meio ambiente e a  sustentabilidade dentro do espaço da escola colocou em ação o projeto Reciclagem Tecnológica Agrícola / RECICLATEC-AGRI. Professores, alunos e parceiros do projeto estiveram dia 13 terça-feira no Lixão do Marrocos, para realizar uma  coleta de dados para dar subsídios ao mais novo projeto.
O projeto RECICLATEC-AGRI discuti e aponta alternativas para os problemas ambientais e econômicos no que tange o acúmulo de materiais tecnológicos dentro do espaço da escola, este que já é um dos problemas que afligem as escolas que possuem salas de informática em Bragança. 
O projeto rendeu um artigo que enfoca essa proposta inovadora, educativa, inclusiva e sustentável que vem minimizar o acúmulo de artefatos tecnológicos na escola. As ações do projeto estão pautadas na política dos 3R: reduzir, reutilizar e reciclar.